quinta-feira, 28 de abril de 2011

Beethoven foi adotado na feira,porém devolvido ,aguarda um lar com amor e responsabilidade

Adotar um animal deve ser um ato pensado e discutido com a familia que habita no mesmo lar,para saber se todos concordam com a adoção de um animal ou caso já tenham um animal e este seja bem tratado,vacinado com veterinário,castrado e identificado e claro controle de endo e ecto parasitas que deve ser feito regularmente.
Tem que ter condições de alimentar com ração de qualidade(premium ou super premium),disponibilidade de tempo com passeios e companhia.Saber o que vai fazer com o animal no caso de viagens e ausências no caso de médico,internação ,tratamentos longos de saúde e até óbito.
Se é uma pessoa idosa,tem que adotar um animal com o mesmo perfil,um animal adulto.
Depende do porte do animal tem que ter espaço,lugar pra ficar ao abrigo de sol,chuva,calor,frio.
Cada dia nos tornamos mais criteriosos nas adoções,pois os animais rejeitados sentem e voltam deprimidos.Então agora só vai adotar animal nosso se realmente tiver condições de manter nosso padrão,alimentação,vermifugos,animal na casa só com carteira de vacinação assinada por médico veterinário,castrado,comprovante de vermifugação e controle de carrapatos e pulgas,e na adoção damos alguns dias para a pessoa comprar casinha ou caminha com coberta,a ração,pois nossos animais não vão consumir ração de combate,nem manutenção e se ja tiver um animal aguardamos ate que ele esteja com todos os procedimentos para entregarmos o animal adotado.
Não aceitamos vacina da prefeitura e nem de casa de ração e precisamos do telefone do veterinário do animal para averiguar acompanhamento do mesmo.Se o animal não tiver veterinário fazemos indicação,mas caso nao seje vacinado aguardamos o adotante fazer os procedimentos no seu animal,pois se ele não cuida devidamente do seu não cuidará do novo animal.


Nós priorizamos o bem estar e saúde de nossos animais,que se em contato com um novo animal não vermifugado e com ecto parasitas,pode se infestar e adoecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário